4 de setembro de 2011

SAMMY, ♥ [parte 13]


     Colocar o Vídeo abaixo carregando antes começar a ler, só dê “play” quando aparecer       “ “ no seu texto.
                            * Recomendações: *
Deixar o vídeo em um volume baixo para não atrapalhar a leitura.
Esperar o vídeo carregar um pouco antes de começar a ler, para não travar durante a leitura.





                                                                         | vídeo |


      Sammy sai sorrateiramente da sala de interna que Roan está para sua sorte o corredor está vazio, ela passa pelo corredor se dirigindo a saída do hospital quando chega perto do carro com a porta traseira aberta, ela chega perto e observa Melanny imóvel como uma estátua.
- Fala alguma coisa menina – Fala Sr. John
- Ela estava aí o tempo todo? – Pergunta Sammy
- Sim, eu acho... – Fala Sr. John cutucando Melanny esperando ela reagir.
- Dá Licença Pai... – Fala Sammy entrando no banco traseiro do carro, enquanto Sr. John entra no carro e começa a dirigir.
- Melanny... O Roan vai ficar bem ele é forte... – Fala Sammy passando a mão no cabelo dela.
- Para o seu bem espero que ele fique bem, e rápido! – Fala Melanny com um olhar frio.
- Porque está falando assim comigo garota? – Fala Sammy olhando nos olhos dela.
- Porque isso tudo aconteceu por sua culpa, por sua causa ele agora está entre a vida e a morte... – Fala Melanny demonstrando ter muito Ódio de Sammy.
- Eu não tive culpa de nada, eu... – Fala Sammy
-... Cala a Boca, não quero te ouvir nem te ver nunca mais, estava tudo bem até você chegar! – Fala Melanny com algumas lagrimas escorregando sobre sua face.
- Melanny... – Fala Sammy chorando junto.
- Não! Já falei para não falar nada para mim... Senhor... Poderia me levar em casa? Mostro o caminho para o Senhor... – Fala Melanny.
- Claro que posso. – Fala Sr. John.
      Eles vão até a casa de Roan, chegando lá Sr. John leva Melanny até a porta e Sammy fica dentro do carro observando de longe, Sr. John abre a porta, entrega Melanny a uma moça muito linda, com cabelos castanhos lisos e brilhantes, aparentando ter mais ou menos 1,75 m e explica tudo que viu e fez por Roan, enquanto Melanny entra correndo e sobe uma escada, enfim a moça se apresenta para Sr. John que se chama Lindsay e pede obrigado por tudo que ele fez. Lindsay se apresenta paciente, antes de fazer qualquer coisa, o que impressionou Sammy que pensou que ela ficaria maluca, correr de um lado para o outro, totalmente desesperada... Após Sr. John dá todas as informações que sabe inclusive onde se localiza o hospital, ele volta ao carro e Lindsay pede obrigada novamente e fecha a porta logo depois que Sr. John e Sammy saem de carro.
- Quem é aquela moça? – Pergunta Sammy a seu pai.
- Sei lá, deve ser a irmã do moço ela se chama Lindsay. – Fala Sr. John
- Lindsay... O Roan nunca mim falou dela. – Fala Sammy
- Você já falou de seu irmão para seus colegas? – Fala Sr. John
- Não, creio que ainda não... – Fala Sammy
- Então não julgue o moço. – Fala Sr. John.
     Eles se calam e até chegar a casa, estacionam o carro... Aproximadamente 22:00H, Sammy entra em casa, quando abre a porta sua mãe Sr.ª Sandy lhe abraça bem forte.
- Onde você estava Samantha? – Fala Sr.ª Sandy apertando Sammy em seu abraço.
- Mãe, amanhã eu juro que te explico tudo estou sem clima hoje... – Fala Sammy
- Não Sammy eu explico tudo a ela, pode ir dormir que você teve um dia e tanto, lembre-se que amanhã tem aula... – Fala Sr. John
- Tá bem pai, Boa Noite. - Fala Sammy soltando a mãe e indo para seu quarto.
     Sammy sai e deixam seus pais na sala, Sr. John começa a contar todo ocorrido para Sr.ª Sandy que fica apavorada e prefere não acordar Sammy para saber como isso começou, enquanto a conversa lá em baixo ainda rolava, Sammy se tranca no seu quarto.

- play.


     Começa a olhar as paredes de todos os lados, fecha seus olhos se direciona até a janela, abre a mesma e fica com os olhos fechados com o vento passando pelo seu rosto e cabelos, logo após alguns minutos, parada em frente à janela ela abre os olhos e ver a noite estrelada de lua cheia no mesmo momento ela fecha a janela, vai para sua cama deita de barriga para cima, fecha os olhos novamente quando desce uma lagrima do seu rosto.
- Meu Deus porque eu fui parar ali? Porque eu fiquei? Por que... Por quê? – Lamenta Sammy
   Sammy ficou deitada na cama, sem conseguir dormir ela senta na sua mesa de estudos e tenta adiantar umas atividades que também acaba se tornando sem sucesso, ela quebra a ponta do lápis na primeira tentativa arremessa o lápis na parede, coloca as mãos sobre a mesinha, abaixa sua cabeça até elas e começa a chorar desesperadamente.

- stop.

   Sammy permanece andando de um lado para o outro no seu quarto, o relógio mostra 00h00min, ela desce e pega um pouco de água, sua casa já vazia, senta no sofá e começa a assistir TV, sem prestar muita atenção ela fica ouvindo a TV e olhando para os moveis da sala, quando de repente sua mãe por a mão no seu ombro, ela assustada, pula do sofá e fica olhando a sua mãe que senta no sofá.
- Não consegue dormir Samantha? – Fala Sr.ª Sandy
- Não sei o que fazer Mãe, já tentei de tudo... – Fala Sammy sentando ao lado da mãe.
- Seu dia mexeu muito contigo, vem cá... – Fala Sr.ª Sandy puxando Sammy para seu colo, deixando-a deitada sobre suas coxas.
- Mãe, eu tive culpa daquilo acontecer com ele? – Pergunta Sammy
- Não, você teve culpa só de conseguir um meio de transporte rápido até o hospital... E deveria se sentir ótima por isso. – Fala Sr.ª Sandy
- Estou me sentindo muito má mãe... E não sei o que posso fazer para me sentir melhor... – Fala Sammy.
- Relaxa e vai dormir amanhã você tem aula cedo em garota... – Fala Sr.ª Sandy
- Tá bem, Mãe... – Fala Sammy levantando do colo.
- Oi meu bem? – Fala Sr.ª Sandy
- Eu te adoro muito tá? – Fala Sammy
- Eu sei meu bem, mais porque isso agora? – Pergunta Sr.ª Sandy
- Não sei mãe... Ontem a mãe do Roan poderia ter sentido falta disso e hoje ele não pode dizer por estar desacordado... – Fala Sammy
- Falar nesse tal Roan... – Fala Sr.ª Sandy levantando do sofá
- O que tem o Roan Mãe? – Pergunta Sammy
- Ele... – Fala a mãe abrindo o armário da sala.
- Ele...? – Fala Sammy olhando desconfiada.
- Ele deixou isso aqui cedo logo depois que você saiu e eu cheguei... Você esqueceu no colégio, muito bom moço ele... – Fala Sr.ª Sandy pegando o casaco que Sammy tinha esquecido no colégio.
- Ain... – Suspira baixo Sammy
- É amanhã ele vai está bem e você agradece ele pessoalmente, vamos dormir? – Fala Sr.ª Sandy
- É, tomara... Não pode ser tão grave, ele é tão forte... – Fala Sammy
- Vamos Samantha, você está me enrolando e amanhã fica cheia de manha para não ir para o colégio, vamos passando em minha frente... – Fala Sr.ª Sandy
- Boa noite mãe... – Fala Sammy abraçando-a.
- Boa noite minha filha... – Fala Sr.ª Sandy abraçando-a e dando um beijo na sua testa.
    Sammy sobe as escadas rapidamente, fecha a porta do quarto, deita na cama abraçada ao casaco ainda com um pouco do cheiro de Roan, respira forte chegando a sentir a fragrância do cheiro de Roan no casaco, solta um leve suspiro e acaba adormecendo.




COMENTEM ABAIXO! ↓

6 comentários:

Biaa!! disse...

Eu ameiii a parte 13 linda... Ansiosa pra parte 14...aaa História Muito Boa!! Parabéns Diih! =)

Anônimo disse...

Negoooo, eu quero a continuaçãooooooO....
pot's eh tudo q eu preciso, ainda mais sua história, amo q amo...
Por: Amandenháà Brentano

Anônimo disse...

Boa Hitoria ..
continui assim !
beijo

Jéuzinhaa *-* disse...

mt fofo *-----------------*
continua logo :)

Salão Só Para Meninas- SSPM disse...

tá muuuito perfeeita a históriia!
Poosta maais, por favoor! *--* ;D

Thaiara disse...

Amei a história to louca pra ver o resto... ^-^