13 de agosto de 2011

SAMMY, ♥ [parte 10]



- Lee dá prá parar de impedir o caminho das minhas meninas? Vou buscar o restante do material na diretoria.. e adiantem o lado. – Fala Senhora Grunwell  de muito longe.
    O Mímico tira a mascara e revela que é o Lee.
- Eu o que Sammy? – Fala Lee com a máscara na mão.
- Nada não..  – Fala Sammy
- Fala Sammy.. – Fala Lee, soltando a máscara e segurando na mão dela.
- É! Acho que vou ter que dá punição para alguns preguiçosos que chegam atrasados e ainda ficam perdendo tempo com coisas fúteis não é Samantha? – Fala Senhora Grunwell.
- Desculpa senhora Grunwell.. – Fala Sammy indo em direção ao fim do palco puxando Keith consigo.
- O Lee é tão “romanti-fofo” né? – Susurra Keith
- É sim...  – Fala Sammy abaixando e pegando alguns gravetos e pegando algumas folhas.
- Ah,  Você daria uma chance a ele? – Fala Keith
- Ah, o Lee é meu amigo...  – Fala Sammy parando de catar e olhando para a cara de Keith.
- Isso foi uma resposta? – Ironiza Keith.
- Ah Keith como você tá chata, só fala de comida e prá eu ficar com alguém.. – Fala Sammy de cabeça baixa.
- Esqueci que é do Roan.. – Fala Keith brincando.
     Sammy olha para a cara de Keith com uma expressão de raiva.
- Parei acabou! – Fala Keith.
    Lee chega no fim da conversa e fica observando as duas.
- Ta de pé ainda a ajuda que mim pediram no começo? – Fala Lee.
- Ta sim Lee.. a Keith tá demais hoje  – Fala Sammy levantando e pegando no braço dele e puxando.
    Sammy e Lee saem deixando Keith sozinha colando as folhas sobre os gravetos.
- Ei! Volta pessoal.. – Fala Keith.
   Lee fica olhando Keith e indo com Sammy, quando eles chegam a outro ponto não muito longe, Sammy pega um jaleco e dá para Lee e segura o outro.
- Vamos pintar esse muro aqui? – Fala Sammy vestindo o Jaleco por cima das roupas.
- Sim vamos! – Fala Lee vestindo o jaleco logo em seguida.
    Lee pega um rodo e pinta na cor azul celeste para pintar a parte superior do cenário, Sammy usa o pincel para pintar os pequenos detalhes, Sammy começa a pintar o cenário exposto no chão do palco, Lee fica com o rodo dentro da balde de tinta e olhando para Sammy, encantado com ela, logo depois de um curto tempo Sammy percebe e olha para Lee.
- Vai começar não é? – Fala Sammy Rindo
- Não.. Quer dizer vou sim! – Fala Lee sorrindo meio sem graça.
- Ai Ai, - Sussurra Sammy entre o riso e voltando a pintar.
- Poderia aprender um truque de pintar tudo automaticamente né? – Fala Lee rindo.
- É! Já pensou? – Fala Sammy.
- Não, estamos assistindo muito desenho animado.. – Fala Lee rindo ainda.
- Você dá esperança depois tira né? – Fala Sammy olhando para ele.
- Claro, faço o mesmo  que você faz comigo.. – Fala Lee
- Eu ? – Fala Sammy rindo e pintando.
- Mim dá esperanças... – Fala Lee olhando para Sammy.
       Sammy trava por alguns segundos.
- Como? Ah, não Lee.. Nós somos amigos... só amigos tá? – fala Sammy
- Mais eu não falei que esperança você mim dava, não deduza nada... – Fala Lee meio tímido.
- Desculpas, to meio precavida esses dias, mas fala qual tipo de esperança eu te dou?  – Fala Sammy.
- Mim deixa com esperanças de te melar de tinta.. – Fala Lee com o dedo pintado de tinta e melando o nariz de Sammy.
      Ela fica olhando para ele sem reação no momento.
- Seu Idiota! – Fala Sammy olhando para o cenário e pintando.
- Foi Mal.. Não faço mais isso! – Fala Lee
 - Jura? – Fala Sammy olhando para Lee.
- Sim! – Fala Lee olhando para o cenário.
    No momento em que Lee responde e está bem distraído Sammy joga um vaso de tinta azul nele, a tinta escorre da cabeça aos joelhos e ela começa a rir no mesmo momento ele rir também e pega um balde de tinta quando Sammy segura o balde de tinta da mão dele.
- Ei, você prometeu que não faria mais isso...  – Fala Sammy
- E se eu falar que meus dedos estavam cruzados... – Fala Lee rindo por dentro.
- Mentira.. Você não mentiria.. – Fala Sammy soltando o vaso de tinta lentamente para ele não perceber e se preparando para correr.
- É? Quem te garante? – Fala Lee olhando para ela.
- Eu? – Fala Sammy, em seguida ela corre.
    Lee corre atrás dela e joga um vaso de tinta amarela nela, que derrama em todo o seu corpo, ambos começam a rir, Sammy pega um pouco de pó colorido e joga na cara de Lee, ele pega uma esponja cheia de tinta verde e arremessa em Sammy, que abaixa e acaba batendo na cabeça de Keith, ela olha furiosa para trás, Sammy e Lee ficam de costa um para o outro assoviando, quando Keith grita : - Guerra de Tinta!!
     Todos os presentes na sala começam a pegar seus esfregões, pincéis, rolos, esponjas e arremessam um ao outro deixando todos sujos de tinta, esta brincadeira se prolonga por aproximadamente 20 minutos, quando Sr.ª Grunwell chega.
- Parem ! – Grita Sr.ª Grunwell.
        Todos param quietos e ficam olhando para Srª. Grunwell.
- O que significa isso? – Fala Srª. Grunwell Furiosa.
       Todos permanecem calados.
-Ninguém vai falar nada? – Retruca Srª. Grunwell rapidamente.
      O silencio ainda permanece no salão.
- Então tá certo! Vou punir todos... – Fala Srª Grunwell.
      Keith levanta a mão.
- Senhorita Smith? – Fala Srª Grunwell
- Srª Grunwell posso saber como vai ser essa punição? – Fala Keith
- Simples e fácil... vocês vão perder pontos.. – Fala Srª Grunwell
- Como assim pontos? Em que matéria? – Fala Srª Grunwell.
- Teatro! – Fala Srª Grunwell.
- Como assim? Teatro é espontâneo não? – Ironiza Keith
- Seria... Se vocês escolhessem educação física! – Fala SrªGrunwell pegando uma xícara de café.
- Como assim escolhemos sem ter direito de escolha? – fala Sammy.
- Perdemos quantos pontos? – Fala Lee.
- No momento três pontos, se não arrumarem essa bagunça em 1 hora.. Perderam cinco pontos... – Fala Srª Grunwell.
- Ainda bem que no nosso colégio divide os pontos perdidos por unidade, provavelmente menos de um ponto perdido por unidade... Suave! – fala Keith
- Errado mocinha, três pontos por unidade! – Afirma Srª Grunwell tomando seu café.
- Não, a Senhora não pode fazer isso conosco nos precisamos da nota para entrar na Universidade! – Fala Lee com muita Raiva por dentro.
- Eu precisava desses cenários prontos hoje e tenho? Nem sempre é como agente precisa meu jovem senhor Kenloung. – Fala Srª Grunwell saindo do salão.
- Vamos arrumar isso de uma vez Lee.. – Fala Sammy segurando no braço dele.
- Vamos! E não só limpar tudo isso como fazer todo o cenário hoje... Vamos ser os melhores de toda a história do High School Manhattan  – Fala Lee cheio de entusiasmo.
- Ele é louco.. – Susurra Keith.
           Lee pega alguns esfregões não utilizados ainda na dispensa e dá para algumas pessoas, Sammy pega algumas esponjas limpas por enquanto que o restante do pessoal vai enchendo as baldes de água e sabão, eles começam a limpar o salão do teatro por completo, aproveitando a tinta fresca fica mais fácil a remoção da sujeira, Sammy limpando a parede se bate acidentalmente com Lee.
- Olha prá onde anda Sammy... – Fala Lee com um sorriso.
- Desculpa Senhor Arrogante.. – Fala Sammy andando até o outro lado do palco.
     Lee puxa Sammy rapidamente antes que ela dê uma distancia e abraça-a.
- Mim desculpa por essa confusão toda? – Susurra Sammy Baixinho.
- A culpa é minha, relaxa.. Já estamos quase terminando.. – Fala Lee
- Essa parte... – Fala Sammy olhando para todo o Salão repleto de tinta.
     Ambos Rirem e voltam para a rotina.

           ~ ○ Dá uma moral? comenta aê..  ○ ~             

4 comentários:

Anônimo disse...

Eu ameeei amor , posta mais !


Sua fãnzona Hasnilly

Anônimo disse...

Ameei :D ...quero logo a parte 11 *---*
by :Mary

Jéuzinhaa *-* disse...

HAHA mt bom... parte 11 a caminho *---------------*

Anônimo disse...

Adoreeiiiiiiiiiii Postaa Maaiss <3